domingo, 25 de março de 2012

Foda-se!

Muitas vezes disserto sobre a necessidade de expressão no seu mais rudimentar apogeu, nomeadamente quando nos magoamos.


Ora bem, um “foda-se” fica bem em qualquer circunstância. Alivia, traz-nos felicidade e reduz o stress significativamente. Claro está que se for bem acompanhado, o alívio é imediato, quase miraculoso! Vejamos:


Estamos a pregar uma cavilha, acertamos no dedo e em vez de dizermos “Chiça penico”, experimentem dizer “caralhos ma fodam!”, ou então um enorme “foda-se caralho!” vindo das profundezas da nossa alma (esta última, bastante comum e não menos útil).



Um condutor ultrapassa-nos e em vez de dizermos “parvo descuidado”, experimentem dizer “que grande cabrão filho duma grandessíssima puta!”. É remédio santo. Quem diz isto, diz outras mais elaboradas que não deixam de ser menos benéficas. O belo do “foda-se” acompanha-me desde que me lembro de existir. É tarde? Foda-se... É cedo? Foda-se...



Em relacionamentos tb é comum utilizarmos esta miraculosa expressão. O gajo não telefona? Foda-se mas tá a fazer o quê? Até a cagar pode telefonar!” O gajo telefona? Foda-se que não me larga a coisa!


Este exemplo do relacionamento é demasiado vasto, mas tem bastante matéria para explorar. É dos melhores exemplos, senão o melhor! Vejamos se tenho razão, fazendo referência ao “foda-se” e outros tantos:



A mulher manda sms, mails e telefona. O gajo: “foda-se onde é que caralho me fui meter?”. O homem não atende, não responde às sms e aos mails. Ela: “Filho da puta deve estar a comer alguma vaca e eu aqui a fazer figura de parva”.



O homem convida a mulher para sair com os amigos. Ela concorda mas pensa: “Tou fodida! Agora vou ter q gramar com aquele bando de idiotas e com as namoradinhas de merda”. As namoradas dos amigos pensam: “Foda-se, vou ter de tirar os pêlos porque vai aquela puta de merda e repara em tudo”.



A noite da saída acontece, todos se divertem mas quando ela vai à casa de banho, ficam as namoradas dos amigos a olhar e dizem baixinho: “Foda-seee, tu já me viste bem o cú da gaja? Não tem! Tá murcho! É a continuação das costas. Foda-se, se eu tivesse um cú daqueles, não usava calças”. A mulher na casa de banho pensa enquanto urina: “Foda-se deixa-me cá mijar porque se não mijo fico com uma grande pança e aquelas vacas estão de olho em mim. Foda-se!”.



Quando ela volta para a mesa, ao sentar-se tropeça e quase fica ao colo de um dos amigos do namorado. “Foda-se pá, desculpa!” dirá ela. O amigo diz que não faz mal, e passa-lhe a mão no rabo (que as namoradas dos outros asseguram que não existe) e pisca-lhe o olho. “Foda-se!”, pensa ela... “era só o que me faltava este mongo a fazer-se ao piso...”.


Assim costuma acontecer e nada vai mudar.



À saída da discoteca todos virão bem bebidos e marram com o porteiro. “Foda-se” para cá “foda-se” para lá apimentado com um “vai pró caralho pá, foda-se!” e eis que um dos bebidos grita para o porteiro que aparentemente os ignorou mas foi para dentro buscar um barrote para lhes espetar nos cornos: “Olha, olha, foi com a cona da mãe às costas e com o caralho do pai debaixo do braço! Vai-te foder caralho!”



Eu tenho a certeza absoluta que no primeiro segundo do meu nascimento, pensei :”foda-se tanta luz!”.


Enfim, o “foda-se” é uma constante na nossa vida. É lindo, é benéfico, é saudável. Se acompanhado com os restantes impropérios, torna-se poesia.Em breve, mais notícias sobre o assunto, até lá... foda-se que já é tarde.

7 comentários:

  1. Alguem de que foda-SE é uma palavra "bem-educada" porque estamos a tratar a pessoa/coisa a quem nos dirigi-mos por você, caso contrário seria por TU e era FODE-TE :D

    <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sarah, que bela observação. E correcta! Tem toda a razão:))

      Eliminar
  2. "FODA-SE que este país é uma merda!!"
    Agora sim, estou mais aliviado :)
    Bjao Tia **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alivie-se para aí! É essa a intenção :D ahaha!

      Eliminar
  3. O "Foda-se" é libertador... Penso que devia tornar parte das disciplinas daquelas "coisas" tipo para aumentar a auto-estima e o caralho a 4...
    Também há uma expressão que essa relaxa fisicamente quando entra na cabeça da outra pessoa tipo bomba, que é o Fode-me".
    Podem andar as duas juntas, por exemplo: "Fode-me, isso não pares. Ui que bom, foda-se"!
    Beijinhos... acho que o estudo me vai correr melhor depois deste desabafo

    ResponderEliminar
  4. O estudo vai correr-lhe às mil maravilhas! Quero saber o resultado depois! ahahahha!!! Amei!

    ResponderEliminar